terça-feira, março 2, 2021
Home Turismo Roteiros Atenção aos protocolos marca reabertura do Caminho de Cora Coralina

Atenção aos protocolos marca reabertura do Caminho de Cora Coralina

Caminho de Cora Coralina: Conheça a travessia de 282 km em pleno cerrado do  estado de Goiás

Caminho de Cora Coralina vai ser reaberto na próxima sexta-feira, 28 de agosto, depois de ficar sem receber visitantes oficialmente desde março de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. De acordo com o presidente da Associação Caminho de Cora Coralina, Bismarque Villa Real, as expectativas para a retomada das atividades são boas, pois já há agendamento tanto de caminhantes como de ciclistas.

A ACCC está atuando para que o retorno seja seguro para todos. Está sendo oferecido um Treinamento Sanitário on-line para operadores de Turismo, donos e funcionários dos meios de hospedagem e  outros empreendedores do Caminho. Todos que fizerem o Curso Virtual de Protocolo Covid-19, que pode ser acessado por celular e computador, recebem certificado. Além disso, há um treinamento presencial.

As aulas repassam os protocolos do Ministério do Turismo, enfatizando não só os cuidados necessários para receber o turista, mas também sobre a maneira correta de orientar os visitantes. Alessandro Abreu, coordenador de Manejo, Voluntariado e Segurança da Associação, explica que a capacitação aborda desde o surgimento do coronavírus, a maneira que ele afeta o Turismo e as vantagens do Turismo de Natureza com o distanciamento social até o uso correto da máscara e as medidas de combate à doença, destacando a importância e fortalecendo o Turismo responsável.

A atividade é parte do planejamento de reabertura capitaneado pela Associação Caminho de Cora Coralina, que busca garantir a saúde dos peregrinos no retorno do funcionamento de parques estaduais e atrativos turísticos no Estado. A maioria dos associados, segundo Bismarque, tem manifestado interesse em retomar suas atividades. “Existe uma preocupação sim, mas estão todos atentos aos cuidados que devem ter”.

Para Fabrício Amaral, presidente da Goiás Turismo, a melhor estratégia neste momento é o diálogo: “conversamos diariamente com empresários, poderes públicos e turistas, porque estamos no pico da doença. Até a chegada da vacina temos que ser rígidos em obedecer aos protocolos de segurança”. Segundo Fabrício, a situação é complexa e o turista precisa sentir confiança para voltar a viajar. “Estamos conscientes e preparados para a retomada, reabrindo devagar e com muita atenção”, completa o presidente.

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments