Seduc lança Galeria de Arte Itinerante no Fica 2022

Desenvolvida por José Alecrim, artista indígena e arte educador do Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte da Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc), a exposição ‘Perfis Originários: Retratos a lápis de um Brasil Ancestral’ está aberta desde a noite desta quarta-feira (1º), e se estenderá até 18 horas do sábado (4), na Tenda Multiétnica, na Praça do Chafariz, na cidade de Goiás. 
    
A Tenda Multiétnica é um evento importante que ocorre simultaneamente ao Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), agora em 2022. A exposição de José Alecrim abre um novo projeto da Seduc denominado Galeria de Arte Itinerante, implementado por meio da Superintendência de Desporto Educacional, Arte e Educação e do Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte, em parceria com a Universidade  Estadual de Goiás (UEG). 

O objetivo da Galeria de Arte Itinerante é tornar mais acessível aos estudantes da rede pública estadual de ensino a experiência da visitação a obras artísticas em seu município e comunidade. O agendamento da escola deve ser feito via solicitação encaminhada através do E-mail  [email protected] .

Exposição
A produção das obras é resultado de processo de pesquisa feito pelo artista José Alecrim, como professor do Ciranda da Arte, para o livro “Cultura Indígena na Escola”, em coautoria com Mirna Anaquiri, bem como para a elaboração de materiais arte educativos sobre os povos originários de Goiás. 

José Alecrim é designer graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), indígena de família originária do Maranhão, da região de Barra do Corda. Atua nas áreas de design editorial com a produção de livros, branding, sinalização urbana e preservação de patrimônio histórico, tendo participado de projetos de sinalização urbana da cidade histórica de Goiás-GO junto à Unesco, IPHAN e prefeitura. 

Compôs a equipe de design da identidade e sinalização do Centro Cultural Palácio Universitário, junto à UFRJ, no Rio de Janeiro, e a revitalização do Cinema Icaraí, junto à UFF, em Niterói- RJ. Atualmente ele é professor de Artes Visuais e pesquisador no Ciranda da Arte, da Seduc, atuando na formação de estudantes, produção de materiais didático-pedagógicos interculturais e na formação de professores. Como artista visual desenvolve trabalhos sob a técnica de Hiper-Realismo a lápis, carvão e pintura digital, e, como tatuador, com a temática étnica brasileira. 

Serviço  
Exposição Perfis Originários: Retratos a lápis de um Brasil Ancestral
Data: de 1º a 4 de junho 2022
Local: Tenda Multiétnica, Praça do Chafariz, na cidade de Goiás-GO
Contatos para informação: [email protected]gov.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.